Páginas

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Conteúdos de Sustentabilidade Abraps

Muitos Profissionais já colaboraram, Participe você também!

O Grupo de Trabalho Gestão do Conhecimento está se estruturando para fornecer mais informações a seus associados. A ideia é criar um sistema para disponibilizar, de maneira simples, cases, artigos e referências bibliográficas e de legislação relacionados a 15 temas importantes para o mundo da sustentabilidade.


Para cada tema serão nomeados curadores (associados com grande conhecimento e experiência em cada tema) que nos ajudarão a selecionar e organizar os conteúdos que serão disponibilizados por meio do nosso novo site. Estes mesmos temas serão alvo dos Cursos Abraps (realizados mensalmente em parceria com a Diálogo Social) e dos eventos Clube Abraps (que serão retomados no segundo semestre de 2013).

Gostaríamos de contar com a sua ajuda para definir os temas prioritários, respondendo à rápida enquete de apenas 2 questões. Os temas mais votados serão aqueles sobre os quais trabalharemos primeiro, de forma que as informações que mais interessem aos nossos associados fiquem disponíveis mais rapidamente.


Participe! Sua opinião é fundamental para a construção das melhores soluções para os associados Abraps!


Apoio




Processo e/ou produto sustentável?

Escrito por Marcus Nakagawa
O termo sustentabilidade está sendo utilizado de qualquer forma por muitas empresas, consumidores, propaganda, consumidores, etc. Agora já existem todos os tipos de produtos sustentáveis (será que 100% dos componentes destes produtos são biodegradáveis ou 100% recicláveis?); processos sustentáveis (será que todo o carbono utilizado está sendo compensado mesmo? Será que não daria para fazer de uma outra maneira? Será que a empresa está levando em consideração todas as questões dos empregados, acionistas, consumidores, etc?); pessoas sustentáveis; cursos e eventos sustentáveis; etc.
A tendência é a palavra ficar desgastada como ficou a palavra marketing, comunicação ou gestão. Estas palavras são utilizadas de qualquer forma sem o efetivo conhecimento do conceito ou da profundidade do tema. Quem já não escutou de algum colega falando que aquela “jogada de marketing” de tal empresa fez um sucesso na TV e que ele adorou a atriz daquele ‘marketing’ da cerveja. Ou senão,  que a gestão é fundamental para o futuro da empresa. Palavras muitas vezes “ao vento que já estão no consciente coletivo, porém sem o devido conhecimento ou arcabouço teórico envolvido.
A palavra sustentabilidade e todos os princípios para a busca do tal desenvolvimento sustentável devem ser divulgados sim, sem censura, porém com critérios um pouco mais rígido. Tomando cuidado com a banalização e a enganação, o Conar - Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitário, em junho de 2011, apresentou uma série de normas para regular peças de propaganda baseadas em apelos de sustentabilidade. No Canadá, França e Inglaterra, não é uma norma voluntária, pois conta com a  ajuda da mão pesada do Estado. A ideia é proteger os consumidores das mensagens sobre produtos verdes que, por excesso, imprecisão e falta de conhecimento, mais enganam do que esclarecem. Ou seja o famoso Greenwashing. Já estamos num início do processo de formalização e alguns anúncios já saíram de circulação ou forma refeitos.
Mas não é somente nas propagandas que as empresas devem tomar cuidado, pois esta é a parte final de um processo de desenvolvimento, fabricação, comercialização, comunicação e venda de um produto ou serviço. A questão é se esta comunicação está realmente passando os valores da empresa, os processos e produtos desta empresa mais sustentável ou que se diz sustentável.
O questionamento principal é se este processo é sustentável ou mais sustentável. E se este produto ou serviço é mais sustentável. Uma empresa consegue ser totalmente sustentável? E seu produto também?
Esta questão está sendo muito discutida nas universidade e no mundo empresarial. Alguns teóricos colocam que esta tal da sustentabilidade é um evolução natural das empresa. E que geralmente iniciamos com as questões internas de gestão dos processos, depois evoluímos para o desenvolvimento de produtos e posteriormente de novos negócios. No artigo “Por que a sustentabilidade é hoje o maior motor da inovação?” de Nidumolu, Prahalad e Rangaswami (2009) os autores mostram cinco estágios que iniciam com o entendimento de respeito das normas como oportunidade de negócios até chegar na criação de plataformas de “próximas práticas”, passando por cadeia de valor, produtos e serviços, negócios sustentáveis
No Facebook, aparecem posts interessantes sobre produtos e serviços sustentáveis, inúmeros exemplos de ações interessantes. Ainda sem muita escala. Um exemplo é o “ASAP – As Sustainable as Possible”, uma  plataforma de open innovation e crowdsourcing onde os usuários podem transformar suas ideias em produtos reais: www.asap.me. No twiter temos também assuntos interessantíssimos sobre o tema como o do post do Estadão que uma engenheira eliminou solventes em colas e criou produto sustentável: migre.me/cF2nE. Na Abraps, reunimos os profissionais para discutirem estas questões por meio dos encontros no Clube Abraps e nas atividades do GT Conhecimento.
Agora nós como consumidores precisamos desenvolver em conjunto com as empresas, neste modelo de cocriação tão moderno e novo, produtos e serviços que efetivamente sejam mais sustentáveis. Temos ferramentas como estas citadas que servem de divulgação e de comunicação para cocriarmos produtos e serviços que sejam mais inclusivos, mais verdes, mais responsáveis, lucrativos e que melhorem nossa qualidade de vida. Entendo que a mudança para processos mais sustentáveis dentro da empresa serão responsabilidade da própria empresa e dos funcionários, sempre com ajuda dos profissionais com o conhecimento da área.
O desenvolvimento sustentável  tão sonhado pode e dever ser alcançado, o que falta é uma evolução nos muitos pontos do nosso desenvolvimento pessoal: autoconhecimento e consciência!

Marcus Nakagawa é diretor-presidente da Abraps – Associação Brasileira dos Profissionais de Sustentabilidade, sócio-diretor da iSetor e professor da ESPM.

Seu Mundo Sustentável Educação, Cultura e Soluções na Sustentabilidade


Visão Geral
Acreditamos que através da educação, mobilização, capacitação, inovação e conhecimento cria-se um processo de conscientização, onde o objetivo é articular, dialogar e disseminar a multiplicação de ações relevantes e de fácil aplicação para a educação para o desenvolvimento social e sustentável, e para a redução dos impactos ambientais. 

Através de canais com conteúdos, contendo produtos, serviços e assessoria completa, cursos, palestras, treinamentos presenciais e online, o Seu Mundo Sustentável leva informações para engajamento e para gerar o estímulo à sustentabilidade, ciclo de consumo responsável, valorização humana e boas práticas.


Nosso foco é apoiar na mediação de interações entre empresas, setores da educação, poder público e a sociedade civil, em momentos nos quais harmonizar diferenças e estabelecer um diálogo construtivo se tornam fatores críticos para a sustentabilidade das iniciativas e da efetiva aplicação.

Sustentabilidade e Boas Práticas

Visando esses benefícios aos nossos clientes, SEU MUNDO SUSTENTÁVEL cultiva estratégias integradas nas mais diversas áreas e temas relacionadas à Sustentabilidade, ações Socioambientais e Culturais, com o nosso compromisso de oferecer produtos e serviços de alta qualidade e que valorizam o potencial humano e Desenvolvimento Sustentável.
  

Seu Mundo Sustentável - www.seumundosustentavel.com.br 
Nossa proposta é gerar Conhecimento, através da Educação, Inovação para incentivar atitudes e conscientização em prol do desenvolvimento sustentável.


 Val Sátiro – Diretora executiva e fundadora do Seu Mundo Sustentável, educação, cultura e soluções, na sustentabilidade é educadora, consultora e ministra cursos, palestras e workshops em Gestão, Liderança e Planejamento em Sustentabilidade Corporativa, Marketing 3.0, Educação na Sustentabilidade, Empreendedorismo Sustentável, Marketing Digital e Redes Sociais (também como Inclusão Social e Digital) e Gestão de Eventos Sustentáveis. Atuou em empresas nacionais e multinacionais em cargos de Gestão nas áreas Comercial/ Vendas, Marketing Estratégico e Marketing de Relacionamento, Digital e Sustentabilidade.  Mestranda em Antropologia – PUC, MBA Marketing – FGV, Extensão em Marketing de Relacionamento – FGV e Empreendedorismo Sustentável – Gaia Education e Membro do Conselho Deliberativo da Abraps.

segunda-feira, 17 de junho de 2013

Participe da segunda edição da pesquisa: O Estado da Gestão para a Sustentabilidade no Brasil



O Núcleo Petrobras de Sustentabilidade realiza em 2013 a segunda edição da pesquisa: O Estado da Gestão para a Sustentabilidade no Brasil. 

A pesquisa é voltada a profissionais de todas as áreas, e não somente àqueles que trabalham com sustentabilidade. Gostaríamos de contar com a sua participação, ao responder nosso questionário online pelo link: 


Todos os respondentes receberão o relatório de pesquisa com exclusividade. 

O tempo estimado de resposta é de 15 minutos. 

Apoio de Divulgação



segunda-feira, 10 de junho de 2013

Colabore com o Grupo de Trabalho de Gestão do Conhecimento da Abraps

COLABORE !!!

O GT Conhecimento está se estruturando para fornecer mais informações a seus associados. A ideia é criar um sistema para disponibilizar, de maneira simples, cases, artigos e referências bibliográficas e de legislação relacionados a 15 temas importantes para o mundo da sustentabilidade.


Para cada tema serão nomeados curadores (associados com grande conhecimento e experiência em cada tema) que nos ajudarão a selecionar e organizar os conteúdos que serão disponibilizados por meio do nosso novo site. Estes mesmos temas serão alvo dos Cursos Abraps (realizados mensalmente em parceria com a Diálogo Social) e dos eventos Clube Abraps (que serão retomados no segundo semestre de 2013).

Gostaríamos de contar com a sua ajuda para definir os temas prioritários, respondendo à rápida enquete de apenas 2 questões. Os temas mais votados serão aqueles sobre os quais trabalharemos primeiro, de forma que as informações que mais interessem aos nossos associados fiquem disponíveis mais rapidamente.

Participe! 
Sua opinião é fundamental para a construção das melhores 
soluções para os associados Abraps! 

PARA PARTICIPAR - CLIQUE AQUI

Agradecemos antecipadamente a sua participação
GT Conhecimento
Abraps - Associação Brasileira dos Profissionais de Sustentabilidade